Vagas disponíveis para empresa Correios

O tão esperado concurso das agencias dos Correios dificilmente será realizado ainda este ano. No entanto, engana-se quem pensa que precisa aguardar até o ano que vem para começar a se preparar para a competição para vagas de carteiro e operador de triagem e transbordo que deverão ser abertas, é necessário apenas possuir ensino médio completo e ganhos iniciais de pelo menos R$2.885,37 e R$2.348,87, respectivamente. Profissionais para os concursos públicos, o professor Evandro Guedes do Alfacon fala que os interessados na seleção precisam iniciar os estudos o quanto antes, independentemente de quando o edital sairá. “A pergunta do milhão não é quando o edital vai sair. E sim se quando sair a pessoa irá estar preparada”, afirmou.Os Correios não vão evitar e vai ter que realizar o concurso. “É uma empresa pública, então tem que ter concurso, não tem jeito. O concurso vai ter que acontecer uma hora ou outra. Então, o importante é estudar sem pensar nisso”.Porém, com a indefinição de quando a seleção será aberta exatamente, Guedes aconselhou os interessados a alavancarem o programa de estudos a fim de concorrer a outros concursos que sejam abertos antes do concurso dos Correios.

As vagas nos Correios estão abertas em vários estados
O concurso dos Correios é aguardada desde do ano de 2012 e chegou a ter o edital para o mês de agosto do ano passado. Entretanto, a seleção foi suspensa em outubro, em função do ajuste fiscal do governo federal. Seriam oferecidas cerca de 2 mil vagas de agente de Correios, nas profissões de carteiro e operador. As chances seriam distribuídas entre Rio de Janeiro (144 vagas de carteiro), São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além do Distrito Federal.

Mês passado, os Correios informaram em nota que estão reestudando todos os aspectos relacionados á trabalhadores de muitos em cada localidade e que somente após o termino do mesmo que será possível definir a necessidade de pessoal para a realização de um novo concurso público.